Como Criar um Efeito Dominó na sua Vida

Blog Alta Perfomance

Junte-se àqueles que querem receber conteúdos e estratégias práticas para melhorar a efetividade pessoal!
 

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog

Efeito Dominó – Por que algumas pessoas são bem sucedidas e outras não, mesmo em contextos e variáveis semelhantes?

Para o escritor Gary Keller a resposta é apenas uma: foco. A atitude que se repete na vida de todos que são bem sucedidos é o foco. De outro lado, percebemos que aqueles que não se concentram em uma ação o suficiente não extraem bons resultados.

Ao que parece, resultados extraordinários dependem de foco. Quanto mais específica uma pessoa é, melhor os resultados. Logo as pessoas mais bem sucedidas são mais simples, no sentido de fazerem menos coisas, focarem em um objetivo específico, porém fazê-lo com mais intensidade.

Porém, esse não é o entendimento da maioria. Muitos associam agenda cheia, e multitarefas ao sucesso pessoal. O resultado são pessoas extremamente frustradas, com a percepção de que o dia não rendeu. Elas são ocupadas, mas não são produtivas.

Para minimizar a dor gerada pelo insucesso, esses indivíduos atarefados utilizam desculpas e passam a tentar se conformar com resultados medíocres.

Foco é como o efeito dominó: quando você move a peça certa as outras acabam caindo em seguida. A ideia é que só é necessário um grande esforço no começo, que gerará uma série de resultados em cadeia. O desafio é colocar as peças do dominó em ordem para se conseguir o efeito cascata na própria vida, e assim, atingir os objetivos. Um sucesso sequencial.

Há uma correlação estreita entre foco e sucesso. Empresas bem sucedidas, em regra, tem como característica ter um produto conhecido, que lhe é rentável. Com as pessoas, ocorre algo semelhante: aqueles que se destacam tem uma habilidade, uma paixão maior que os demais, que as faz investir grande quantidade de tempo a ela. Por consequência tornam-se ainda melhores. É uma espécie de círculo virtuoso.

 

HABILIDADE PELA QUAL VOCÊ SE DESTACA

Todos tem paixão, ou simpatia por alguma atividade. Esse sentimento positivo pode mover a pessoa a buscar se aperfeiçoar. O resultado de tal dedicação é o aumento da habilidade e o aumento do desejo de se dedicar mais. Esse círculo virtuoso é o segredo do sucesso da maioria.

 

ALGUMAS MENTIRAS QUE ATRAPALHAM A BUSCA PELO EFEITO DOMINÓ:

 

1) “Todas as tarefas são igualmente importantes“.

Diante de tantos afazeres, as tarefas passam a mandar em nós, ao invés de mandarmos nelas. O problema é que uma lista de tarefas só ocupa e frustra porque afasta a pessoa dos seus objetivos. Essencialmente porque as nossas obrigações e tarefas nunca terminam, são realmente infindáveis.

Ou seja, você nunca será capaz de fazer tudo que deveria fazer. Sempre tem uns documentos para arrumar, algo a consertar, uma pessoa a atender, um e-mail a responder, uma caixa de mensagens a deletar, consultas médicas a serem agendadas…

Uma lista de tarefas é portanto bem diferente de uma lista de sucesso. Uma lista de sucesso é um trampolim para algo maior. Ela é curta e tem apenas tarefas mais impactantes. Escolhe-se aquelas tarefas que darão maior impacto no sentido de contribuir para lhe aproximar do seu objetivo maior. Sempre é possível encurtar mais sua lista de tarefas, até ficar com uma só tarefa. Esse seria o Princípio de Pareto – de que 20% dos esforços são responsáveis por 80% dos resultados – levado ao extremo.

 

2) “Ser multitarefas é melhor”.

Quando alguém tenta resolver mais de uma tarefa ao mesmo tempo, não dedica o seu melhor na atividade, portanto, se a atividade requer o esforço dela, o resultado não será nem de longe o que poderia ser se ela estivesse focada.

A questão é que toda vez que alternamos de tarefas perdemos muito tempo para nos concentrarmos novamente, especialmente se for uma tarefa complexa. Muitas vezes, dispende-se muito mais tempo fazendo duas tarefas ao mesmo tempo do que se dedicando a uma de cada vez.

É importante entender que distração é perda de tempo, é uma parte da vida jogada fora porque você permite que algo lhe chame mais atenção do que a resolução daquilo que merece todo sua presença. Isso é bem diferente de apreciar uma música, relaxar, contemplar a natureza…

 

3) “Sucesso Requer Muita Disciplina”.

Não é necessário mais disciplina para ter sucesso, mas entender o poder de um hábito para lhe guiar. A ideia é que quando se trabalha de maneira focada em algo prazeroso, essa coisa se torna um hábito. Assim, o que antes exigia disciplina para ser feito, é realizado de maneira natural.

Com disciplina, a pessoa carrega suas tarefas; já com o hábito, as tarefas que as carregam.

Importante entender que uma lista de afazeres pequena exige bem menos esforço do que uma lista grande, o que é extremamente favorável porque será possível dedicar mais energia a cada uma delas. Além disso, o importante, não é fazer várias coisas, tampouco fazer tudo certo, mas fazer a coisa certa.

Portanto, seu objetivo deve ser escolher o hábito certo e usar a disciplina para estabelece-lo, a partir daí, as coisas passarão a fluir de maneira mais natural.

 

4) “Força de Vontade sempre está a nossa Disposição”.

A força de vontade é como uma bateria que vai se desgastando ao longo do dia, depois de cada esforço, de cada decisão. Dessa forma, o melhor é iniciar o dia com as coisas mais importantes.

Portanto, é preciso entender que, ao final do dia, sua capacidade para tomar boas decisões estará muito mais comprometida. Então, quanto menos tarefas, melhores resultados.

 

5) “Precisamos ter uma Vida Equilibrada”.

Em uma realidade em que você terá que deixar de lado coisas não essenciais para se dedicar àquela que estabeleceu como prioridade haverá, por certo, um desequilíbrio porque várias tarefas ficarão pendentes. Entenda também que algumas vezes será necessário se dedicar muito mais horas do dia na resolução dessa prioridade.

Note que pessoas de sucesso dedicaram um tempo desproporcional àquilo que consideraram importante para elas.

A noção de equilíbrio remete a deixar os pratos da balança com igual peso, e isso não condiz com a ideia de dedicação e comprometimento a algo. Não importa o quanto você corra durante o dia entre uma tarefa relacionada a um papel social e outra relacionada a outro, sempre haverá pendências. Tentar fazer tudo não é sábio, ao contrário, é preciso saber conviver com o desequilíbrio.

O ideal é buscar uma vida balanceada, que é aquela com vários pontos de equilíbrio e uma maior margem de manobra.

 

6) “Coisas Grandiosas são Ruins”.

Ser rico, bem sucedido, reconhecido pela habilidade profissional não é destrutivo, tampouco é um desejo maligno. Se você teme o sucesso, fará de tudo para sabotar seus esforços para alcança-lo, mesmo que de forma inconsciente.

É mais sensato ter medo do medíocre do que de coisas grandiosas porque buscar melhores coisas, nos permite progresso, desenvolvimento pessoal e profissional.

Além disso, aprender a lidar com prioridades, permite que haja espaço na agenda para curtir aquilo que deseja.

É importante saber que não é o sucesso que traz pressão, solidão, doenças e estresse, mas a falta de foco.

 

COMO CRIAR UM EFEITO DOMINÓ

Para alinhar as peças da vida de modo a criar um efeito em cascata, na qual um efeito é a causa de outro efeito – como acontece quando enfileiramos diversas peças de dominó para que ao derrubar a primeira, a seguinte desencadeie uma série de quedas sequenciais – a estratégia é fazer-se uma pergunta foco.

A pergunta foco ajuda a definir os objetivos e mostra como chegar a eles. Pergunte-se: Qual é a única coisa que posso fazer de modo que, ao fazê-la, o restante se torne mais fácil ou desnecessário?

A resposta tem que ser apenas uma.

Perceba que a pergunta foi formada com um substantivo deverbal que significa uma ação de poder, de ter a capacidade. O sentido é diferente de “deveria”, que remete a necessitaria, teria que, precisaria. Também não é a mesma coisa de “poderia”, porque o significado é de suportaria, toleraria.

Na questão, percebe-se na expressão “ao fazê-la”, que há um propósito específico que é gerar um acontecimento que desencadeia uma sequencia de outros acontecimentos, o efeito dominó.

Outra importante observação com relação a pergunta foco é o resultado que se quer: que o restante se torne mais fácil ou desnecessário. Essa uma ação vai fazer com que o restante exija menos esforço, ou que se torne desnecessário.

Assim, o seu exercício será se concentrar na primeira peça, aquela que vai ficar a frente da fileira para que quando essa cair com um simples toque derrube outra até que todas sejam derrubadas.

A pergunta foco deve ser grande e específica! Ela ajudará a dar um norte para os seus propósitos.

Suas intenções definem sua prioridades, e essas determinam a produtividade das suas ações. Um propósito bem definido vai lhe ajudar a curtir o processo e apreciar a chegada.

Para definir suas prioridades é preciso ter claro qual seu propósito. É ele que vai definir aonde você quer chegar. Mas é a prioridade que vai definir o que você irá fazer para chegar lá. Os dois precisam caminhar juntos.

 

 

Você pode assistir a gravação do Programa ALTA PERFORMANCE com CARLA RIBEIRO no CANAL ALTA PERFORMANCE.

Assine o canal alta performance e assista a outras séries e entrevistas sobre alta performance, autoconhecimento e muito mais. Inscreva-se!

Confira outros posts do blog alta performance:

Conheça e siga nossos Canais nas Mídias Sociais. Interaja e fale conosco pelos nossos perfis e saiba das novidades em primeira mão.
Twitter
 Facebook Instagram Youtube

Efeito dominó. Efeito cascata. Efeito dominó.Efeito dominó. Efeito dominó.Efeito dominó.

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

ATENÇÃO

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog