É Indispensável se Perdoar para ser Feliz

Blog Alta Perfomance

Junte-se àqueles que querem receber conteúdos e estratégias práticas para melhorar a efetividade pessoal!
 

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog

A imagem é uma publicidade convidando para clicar em um botão. Com os dizeres EXPERIMENTE CLICAR E DESCUBRA AGORA COMO É POSSÍVEL FICAR PREPARADO PARA VENCER SEU MAIOR DESAFIO! E um botão QUERO VER AGORA!

Se Perdoar requer profundo reconhecimento das próprias fragilidades, dos erros. além da disposição de aprender com eles.

Afinal, nossas memórias são necessárias para que não cometamos os mesmos deslizes.

Para que evitemos repetir os mesmos erros.

Deste modo, desenvolvemos o caráter, a resiliência e a capacidade de aprender sempre.

Pois, para que mais será nosso passado, se não aprendermos com ele?

Mas, nem sempre é assim…

O Ressentimento

A última vez que vi Natália o rosto estava bem envelhecido. As rugas pareciam denunciar profundas amarguras.

Encontrava-se só, depois de ter passado toda a juventude casada. Suas palavras contrariavam seu visível abatimento:

-“Estou ótima. Não guardo mágoas.”

Poucos minutos depois, como que esquecida, desejou toda espécie de má sorte ao ex-companheiro.

Não são poucas as vezes que passamos por experiências difíceis, dolorosas.

Afinal, a vida é sofrimento.

Porque é sofrimento, é preciso ser sensível às oportunidades para compreender o significado das experiências de vida.

Sem que alimentemos a mágoa, porque ela azeda o olhar.

De fato, tudo perde o colorido, a leveza e a alegria quando o olhar é ressentido.

Quando se decide que a vida pode ser mais do que experimentamos; que podemos ser mais felizes e termos vidas plenas; então, seguir em frente é necessário.

Para avançar é preciso que o passado não seja percebido como um freio, mas como um conjunto de momentos para o desenvolvimento  do espírito.

Se perdoar é necessário

É preciso perdoar. Mas perdoar não é fácil. Perdoar não é um ato natural.

Não ocorre sem que haja uma luta no interior da pessoa que intenta perdoar.

Por outro lado, perdoar é como soltar as amarras que prendem o coração; é se libertar da lembrança que embrulha o estômago e aprisiona a alma.

Ademais, é uma oportunidade de exercitar algo divino, sagrado.

É também permitir-se um novo começo, já que não se pode mudar o que passou.

A vida é extremamente dinâmica, ágil, porque o tempo, como sabemos, não para.

Para avançar em direção a uma vida plena é preciso continuar crescendo.

Ou seja, focalizar nas coisas que importam e compartilhar o nosso melhor com os outros.

Portanto, a dica é não deixar o pensamento estagnar no passado, nas lembranças dolorosas, mas tentar se lembrar dele com leveza.

Perdoar o passado para que ele não elimine o presente.

Isto porque não nos faltarão na vida frustrações, decepções, traições, arrependimentos, portanto sempre teremos que perdoar.

Enquanto vivermos teremos que perdoar. Para tanto é preciso acreditar que quando perdoamos, nossas falhas são dissolvidas.

Aquele que não perdoa, não é perdoado por Deus.

De igual modo, aquele que não se perdoa, não consegue ter vida em Deus.

Porque sem entender o perdão, não se entende a Graça, assim como não se entende a Cruz. Ou seja, não se compreende o evangelho.

O amor ensina a perdoar

Com o tempo percebemos que o amor é nosso maior aliado para o sucesso. E sucesso sem amor não existe. Como disse Cora Coralina “Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita…olhar que acaricia…E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido a vida.”

Arrependimento para a vida requer se perdoar. Aceitar o erro, desejar mudança de atitude e perdoar-se.

A partir deste momento não se vive mais amargurado pelas culpas do passado.

Quando se perdoa consegue-se perdoar os outros.

Desta forma, é possível viver livre, sem pesos, sem amarras.

É preciso estar atento para não confundir remorso com arrependimento.

Arrependimento é metanóia, é mudança de mente. Ele já carrega em si o perdão porque se sustenta no perdão divino.

Remorso é para a morte. Porque a pessoa utiliza “como pude”, “se”. É um ciclo infernal. Uma neurose, um moralismo, um narcisismo.

O passo para se perdoar é simples se for baseado na Graça, no favor não merecido.

Gozar do amor Divino. Perdoar é necessário para viver uma vida feliz.

Outros posts:

Assine o canal alta performance e assista a outras séries e entrevistas sobre alta performance, autoconhecimento e muito mais. Inscreva-se!

Confira outros posts do blog alta performance:

Conheça e siga nossos Canais nas Mídias Sociais. Interaja e fale conosco pelos nossos perfis e saiba das novidades em primeira mão.
Twitter
 Facebook Instagram Youtube

se perdoar. se perdoar.

 

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

ATENÇÃO

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog