Qual é a sua Riqueza? O que é Significante para Você?

Blog Alta Perfomance

Junte-se àqueles que querem receber conteúdos e estratégias práticas para melhorar a efetividade pessoal!
 

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog

A imagem é uma publicidade convidando para clicar em um botão. Com os dizeres EXPERIMENTE CLICAR E DESCUBRA AGORA COMO É POSSÍVEL FICAR PREPARADO PARA VENCER SEU MAIOR DESAFIO! E um botão QUERO VER AGORA!

Finitude da Vida. A tristeza, medo, desconforto de ver um caixão ser aberto com o corpo de uma pessoa que nos é querida e especial é muito grande. Foram essas as sensações que experimentei quando fui abrir o velório da minha sogra.

Há uma avalanche de emoções e de lembranças de várias ocasiões e o lamento de não ter vivido mais ensejos ou de não ter tornado outros tantos mais especiais.

Ainda assim, as sábias palavras da bíblia nos dizem que é melhor ir ao enterro do que ir a uma casa em festa, porque este é o fim de todo ser humano.

Porque nessas ocasiões, nos conscientizamos da nossa finitude, que somos pouco mais do que pó e para o pó retornamos.

Mesmo conhecedores desse inimigo que nos é invencível, agimos como se ele não existisse. Procedemos como se não houvesse a morte quando deixamos de fluir e receber amor. Quando inflamos o peito e deixamos de falar com um irmão, quando dedicamos horas a fio em projetos que nos oprimem e sugam nossa energia e vitalidade, quando nos aborrecemos por tão pouco e nos doamos com dificuldade.

Andamos sem essa consciência da limitação do nosso tempo de vida quando deixamos de nos relacionar com Deus, quando achamos que não precisamos Dele, ou mesmo quando nos fechamos apenas nos nossos familiares e esquecemos de estender as mãos aos outros que necessitam.

No final das coisas, acredito que percebemos que o que levamos dessa vida são apenas os instantes vividos. Dessa forma, é de grande sabedoria viver nossos minutos com muito amor porque esse é o maior de todos os sentimentos.

Viver conscientes de dar o nosso melhor à nós mesmos e aos demais é viver em Alta Performance, que exige espírito grato e de apreciação.

 

Confira outros posts do blog alta performance:

finitude da vida. Qual poderoso é viver ciente da finitude da vida. O que a finitude da vida significa para uma vida de apreciação?

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

ATENÇÃO

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog