A Essência dos 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes

Blog Alta Perfomance

Junte-se àqueles que querem receber conteúdos e estratégias práticas para melhorar a efetividade pessoal!
 

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog

A imagem é uma publicidade convidando para clicar em um botão. Com os dizeres EXPERIMENTE CLICAR E DESCUBRA AGORA COMO É POSSÍVEL FICAR PREPARADO PARA VENCER SEU MAIOR DESAFIO! E um botão QUERO VER AGORA!

A Essência dos 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes

O Livro OS 7 Hábitos das Pessoas Mais Eficazes é um clássico do autor Stephen Covey, que aborda as estratégias e atitudes dos indivíduos que priorizam o que é mais importante e lideram pelo exemplo.

Neste texto, compartilho a fala do Dr Stephen Covey a respeito destes 7 hábitos para que você possa adotar na sua própria vida.

Nas palavras de Dr Covey, podemos comparar a reflexão sobre esses hábitos de vida, como aquele que antecede um plano de voo, em que cada detalhe precisa ser devidamente verificado com atenção.

Dito isto, vamos aos hábitos que você precisa adotar para ser mais eficaz..

Os 7 Hábitos das Pessoas mais Eficazes:

1º HÁBITO: SEJA PROATIVO

Isto significa que a sua vida é um produto dos seus valores e não dos seus sentimentos

Então,  a sua vida é um produto das suas decisões, não da sua condição.

De outro lado, o oposto de ser proativo é ser reativo, que basicamente significa que sua vida é uma função dos seus sentimentos, seus impulsos, seus humores, tratamento de outras pessoas…

O princípio subjacente a ser proativo é assumir responsabilidade,

Isto significa que eu e você temos a capacidade de escolher nossas respostas.

 

2º HÁBITO: COMEÇAR O COM O FIM EM MENTE

Isto significa que todas as coisas são criadas duas vezes.

Ou seja, você cria uma imagem mental, um quadro de onde você quer chegar.

Neste relacionamento, neste ano, nesta criação, na sua vida, nos seus negócios…

Em outras palavras, é similar a uma empresa que tem uma visão de futuro. Esta é a base deste hábito: ter uma visão, significado, missão.

Este hábito é a 1ª criação.

 

3º HÁBITO: COLOCAR AS PRIMEIRAS COISAS, PRIMEIRO

Esta é a segunda criação.

Essencialmente, significa que você decide o que é mais importante e assume o comprometimento de colocá-lo em primeiro lugar na vida.

Assim, o oposto de colocar as primeiras coisas em primeiro lugar é colocá-las em segundo, em terceiro lugar…

De modo que a pessoa que assim procede coloca a família, a saúde, a própria integridade em segundo plano.

Em outras palavras, a pessoa que não adota este hábito não questiona a ordem de prioridades que ocupam sua agenda.

Por isso, elas descobrem muito tarde que conseguiram subir a escada do sucesso, mas que ela estava encostada na parede errada.

Elas não entendem que as coisas que mais importam nunca devem estar a mercê das coisas que menos importam.

 

4º HÁBITO: PENSE GANHA-GANHA

Este é o hábito do mútuo benefício.

A base deste hábito é o princípio da abundância

Nutra sua competência e contribua onde você estiver.

Pois, você pode compartilhar conhecimento, reconhecimento, ganho…

O oposto disto é escassez, egoísmo, mediocridade.

Ou seja, o pensamento de escassez é o oposto de pensar que é dando que se recebe, que sou o primeiro a ganhar quando me dou.

 

5º HÁBITO: PROCURE PRIMEIRO COMPREENDER, DEPOIS SER COMPREENDIDO

Este é o hábito da comunicação empática. 

Significa que você primeiro sempre tem que entender, antes de ensinar, de se fazer entendido, de diagnosticar.

Entender o diagnóstico, antes de prescrever.

Então, entender  antes de agir, antes de julgar

 

6º HÁBITO: CRIE SINERGIA

É o hábito de criar cooperação.

Podemos criar algo especial quando há grande cooperação.

O princípio base deste hábito é que 1 + 1 é igual a 3, 10, 20…

Quer dizer, que o todo é maior que a soma das partes.

Não é apenas tolerar ou aceitar diferenças, mas celebrar as diferenças.

 

7º HÁBITO: AFINE O INSTRUMENTO

Este hábito é baseado no princípio do desenvolvimento contínuo, aprendizado contínuo.

Buscar ser melhor constantemente.

Afinal, nós temos a capacidade de carregar nossa própria bateria.

O oposto deste hábito é a presunção de estar pronto e acabado.

Em outros termos, o oposto a adotar o hábito de afinar o instrumento é deixar a mente atrofiar, deixar o corpo perder a tonicidade e vitalidade com junk foods, sem se exercitar.  

É cair no niilismo, ao invés de se voltar para o crescimento pessoal e a contribuição.

 

 

Confira outros tópicos que podem lhe interessar e acompanhe os vídeos no Canal Alta Performance.

Assine o canal alta performance e assista a outras séries e entrevistas sobre alta performance, autoconhecimento e muito mais. Inscreva-se!

Confira outros posts do blog alta performance:

Twitter Facebook Instagram Youtube

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

ATENÇÃO

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog