Eleição Majoritária 2022 e os Ataques à Democracia

Blog Alta Perfomance

Junte-se àqueles que querem receber conteúdos e estratégias práticas para melhorar a efetividade pessoal!
 

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog

A imagem é uma publicidade convidando para clicar em um botão. Com os dizeres EXPERIMENTE CLICAR E DESCUBRA AGORA COMO É POSSÍVEL FICAR PREPARADO PARA VENCER SEU MAIOR DESAFIO! E um botão QUERO VER AGORA!

Os ataques à democracia brasileira tem gerado um clima de tensão e intolerância social.

Isso porque muitos cidadãos estão revoltados com a insegurança jurídica e com a aparente falta de regras nas recentes decisões do Tribunal Superior Eleitoral/TSE, na pessoa do seu presidente Alexandre de Moraes.

Moraes, antes de ser ministro, declarou que o Governo do PT era responsável pelo maior assalto aos cofres públicos da história do país, mas agora entende que a lembrança deste fato é crime eleitoral.

De certo, quem fez a afirmação entende muito de crime, pois foi advogado por décadas da empresa de transporte paulista acusada de lavar o dinheiro da 8ª maior organização criminosa do mundo, o Primeiro Comando Vermelho (PCC).

Missão das Cortes Superiores e a Harmonia dos Poderes

Ora, a missão do TSE é zelar pela transparência e idoneidade do processo eleitoral.

Porém, fatos demonstram que o órgão repetidamente extrapolou suas funções legais e age de forma arbitrária.

Em um sistema democrático a balança entre os Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário precisa estar equilibrada.

Isto não significa que não há tensão.

Deveras, cada um desses poderes por si só não garante a democracia, mas a existência dos três com autonomia e harmonia é que pode garantir que as funções de legislar, executar e julgar estão em equilíbrio.

Seguramente, o poder precisa ser restrito.

Na verdade, é importante que cada um cumpra sua função constitucional e que nenhum interfira na competência do outro.

Porém, mais do que este equilíbrio, há outras características de uma democracia.

Importante destacar que o comunismo, o socialismo e o nazismo diziam agir em torno da democracia.

Afinal, em uma democracia a maioria manda, esse é o conceito do termo.

Por isso, há alguns pontos importantes a serem considerados.

Primeiramente, é essencial destacar que o exercício do direito ao voto é essencial em um sistema democrático.

Destaco ainda que esse deve ter o mesmo valor para cada cidadão, sem importar o nível social, acadêmico, etc.

De modo que para garantir que a maioria tenha condições de escolher o candidato que considera melhor, é necessário que tenha acesso às informações a respeito dele.

Portanto, a denúncia de fraude nas inserções das campanhas nas rádios, macula o processo eleitoral e fere um dos mais importantes direitos constitucionais: o direito à informação.

República e os ataques à Democracia

De outro lado, a forma de governo republicana garante que o povo é soberano, porém mais do que isso: que o Estado tem como missão precípua atender aos interesses gerais dos cidadãos.

Em outras palavras, porque o Brasil é uma República, deve se destacar a defesa da “coisa pública”.

Neste sentido, quando uma decisão vai contra a vida, contra a liberdade, ela não deve prevalecer.

Portanto, há vários ataques aos valores de uma república democrática que precisam ser rechaçados, do contrário o país entrará em um caminho sem volta.

Um caminho para o autoritarismo, para a ditadura, para o genocídio.

Neste sentido, o ativismo político da corte superior, o STF, e do TSE é uma ofensa grave à teoria da separação dos poderes, na qual prevê autonomia com limites.

Afinal, esta teoria buscou restringir o poder absoluto dos governos e evitar normas tirânicas, governos absolutistas.

Não à toa, o constituinte tornou a separação dos poderes uma cláusula pétrea do ordenamento jurídico.

Por fim, é importante que cada cidadão brasileiro, independentemente das convicções políticas, seja um fiscal da Constituição Brasileira e não se cale ante a censura e as determinações contrárias à liberdade.

Deixe o seu comentário e compartilhe para que seus amigos possam refletir a respeito deste assunto.

Ataques à democracia pelos tribunais superiores

Leia e compartilhe outros textos que podem lhe interessar:

Precisamos de Olhos de ver a Realidade

A Importância do Dia Seguinte

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

ATENÇÃO

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog