Imagine Quem Você Poderia Ser e Mire Esse Alvo com Determinação

Blog Alta Perfomance

Junte-se àqueles que querem receber conteúdos e estratégias práticas para melhorar a efetividade pessoal!
 

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog

Banner publicitário com fundo amarelo e escritos em amarelo: palestra exclusiva - . E escrito em branco: COMO TER UMA MENTE PREPARADA PARA VENCER. Logo abaixo,  APROVEITE, ASSISTA E PEGUE SEU CUPOM ESPECIAL. Ao lado esquerdo uma foto da carateca Carla de quimono branco e faixa preta segurando duas espadas e a logomarca CVMD. A direita 3 logomarcas CBKB, PANAN, WAKO.

Imagine quem Você Poderia ser: uma Jornada de Autotransformação

No livro “Além da Ordem: Mais 12 Regras para a Vida”, precisamente, na segunda regra, “Imagine quem você poderia ser e mire esse alvo com determinação”, Jordan Peterson oferece uma visão profunda sobre a evolução pessoal e encapsula a essência da autotransformação.

Assim, Peterson nos lembra que não somos entidades estáticas; estamos constantemente nos tornando algo novo. Essa jornada de se tornar é cheia de potencial, transcende nossa compreensão atual e exige de nós uma visão clara e determinação inabalável.

O Chamado do Herói

Para entender plenamente essa regra, devemos explorar o conceito do herói, uma figura central em muitas mitologias e narrativas.

Afinal, o herói é aquele que atende ao chamado da aventura, deixa o mundo conhecido e enfrenta o desconhecido. Esta jornada é arquetípica, representando o processo de autodescoberta e crescimento que cada indivíduo deve enfrentar.

Enfrentando o Dragão

Deste modo, o herói, ao longo de sua jornada, inevitavelmente encontra o dragão. Este dragão simboliza os medos, desafios e adversidades que bloqueiam o caminho para o crescimento. Então, enfrentar o dragão é uma metáfora para enfrentar nossos próprios demônios internos e as dificuldades externas.

De modo que Jordan Peterson enfatiza a importância de confrontar essas forças de frente, sem se esquivar. Pois, é nesse confronto que encontramos a oportunidade de crescer e nos transformar.

Morte e Renascimento

Neste sentido, enfrentar o dragão frequentemente leva a uma experiência de morte e renascimento.

Aliás, na mitologia, o herói muitas vezes “morre” simbolicamente, apenas para renascer mais forte, mais sábio e mais capacitado. Este processo é uma metáfora para as transições significativas que experimentamos em nossa vida.

Visto que ao confrontar nossos medos e falhas, partes de nós mesmos que não servem mais são deixadas para trás, permitindo o surgimento de uma nova versão de nós mesmos.

A Importância do Alvo

Logo, mire em algo. Escolha o melhor alvo que puder imaginar hoje.

Esta orientação é fundamental na filosofia de Jordan Peterson. Ter um alvo claro e nobre é o que dá direção e propósito à nossa vida. Sem um alvo, ficamos à deriva, vulneráveis ao caos e à desordem.

Definindo o Alvo

Mas, definir um alvo não é um processo trivial. Exige introspecção e honestidade.

Por isso, Peterson sugere que devemos escolher um alvo que ressoe com nossos valores mais profundos e aspirações. Este alvo deve ser algo elevado, algo que inspire nobreza e virtude. Não deve ser um objetivo mundano ou superficial, mas sim algo que desafie e eleve nosso espírito.

A Caminhada em Direção ao Alvo

Daí, uma vez que o alvo esteja definido, o próximo passo é caminhar em sua direção com determinação.

Este caminho não será linear nem livre de obstáculos. Ao contrário, haverá erros, desvios e falhas.

No entanto, é através desses desafios que aprendemos e crescemos. Peterson enfatiza a importância de observar nossos erros ao longo do caminho, enfrentá-los e corrigi-los. Pois, cada erro é uma oportunidade de aprendizado, um passo a mais na jornada de autotransformação.

Consertando Sua História

Passado, presente e futuro – tudo é importante. Para caminhar em direção ao nosso alvo com eficácia, devemos consertar nossa história.

Isso significa integrar e reconciliar nossas experiências passadas, para que não nos prendam ou nos limitem.

Integrando o Passado

De fato, todos carregamos feridas e traumas do passado. Para avançar, devemos enfrentá-los e integrá-los.

Isso não significa ignorar ou minimizar o passado, mas sim entendê-lo e aprender com ele.

Consequentemente, Peterson sugere que devemos revisitar nossas histórias, identificar onde erramos e onde fomos errados, e trabalhar para resolver esses problemas. Este processo de integração é essencial para liberar nosso potencial futuro.

Vivendo no Presente

Dessa maneira, viver no presente é crucial. Devemos estar conscientes e engajados no aqui e agora, pois é no presente que fazemos escolhas e tomamos ações que moldam nosso futuro.

Realmente, a atenção plena e a presença de espírito são ferramentas poderosas para garantir que nossas ações diárias estejam alinhadas com nossos objetivos mais elevados.

Projetando o Futuro

Enquanto consertamos nosso passado e vivemos no presente, devemos também olhar para o futuro.

Ou seja, ter uma visão clara do que queremos alcançar nos ajuda a manter o foco e a direção. Peterson sugere que devemos constantemente reavaliar nosso caminho e, se encontrarmos um caminho melhor ao longo da jornada, devemos estar dispostos a mudar de curso.

Realmente, flexibilidade e adaptabilidade são essenciais para a realização de nosso potencial.

Agindo com Coragem e Convicção

Para seguir essa segunda regra de maneira eficaz, devemos agir com coragem e convicção.

Realmente, a jornada de autotransformação é repleta de incertezas e riscos. Portanto, requer uma disposição para enfrentar o desconhecido e uma determinação para continuar, mesmo quando as coisas ficam difíceis.

Enfrentando o Medo

Por certo, o medo é um companheiro constante na jornada do herói. Enfrentar o medo é essencial para o crescimento.

Por isso, Peterson sugere que devemos confrontar nossos medos de frente, reconhecendo-os e trabalhando para superá-los. O medo não deve ser evitado, mas sim enfrentado como uma oportunidade para fortalecer nossa coragem e resiliência.

Construindo Resiliência

A resiliência é a capacidade de se recuperar dos contratempos e continuar avançando.

Sem dúvida, em nossa jornada, encontraremos falhas e derrotas. Cada uma dessas experiências é uma oportunidade para construir resiliência. Peterson destaca a importância de aprender com nossos erros e usar essas lições para nos tornarmos mais fortes e mais determinados.

Buscando a Excelência

Desse modo, mire em algo profundo, nobre e elevado. Buscar a excelência é uma jornada contínua de melhoria e aperfeiçoamento.

Mas, não se trata de alcançar a perfeição, mas de esforçar-se constantemente para ser a melhor versão de si mesmo. Peterson encoraja a busca pela excelência em todas as áreas da vida, desde o trabalho e os relacionamentos até o crescimento pessoal e espiritual.

Imagine quem Você Poderia Ser e Siga

Jordan Peterson, em sua segunda regra de “Além da Ordem”, nos desafia a imaginar quem poderíamos ser e a mirar esse alvo com determinação.

Esta jornada de autotransformação é um processo contínuo de enfrentamento de medos, aprendizado com erros e crescimento constante.

Uma vez que ao definir um alvo nobre e elevado, ao consertar nossa história e ao agir com coragem e convicção, podemos realizar nosso potencial pleno.

Afinal, a vida é uma jornada complexa e desafiadora, mas cheia de possibilidades. Ao aceitar o chamado do herói, enfrentar nossos dragões e abraçar a morte e o renascimento simbólicos, podemos nos tornar quem realmente somos.

Esta transformação não apenas nos beneficia individualmente, mas também contribui para a melhoria do mundo ao nosso redor.

À vista disso, lembre-se, você não apenas é. Você está se tornando.

E a potencial extensão desse vir a ser transcende a sua compreensão.

Portanto, acredite no seu potencial, mire em algo grandioso e caminhe em direção a ele com determinação. A jornada pode ser árdua, mas é também incrivelmente recompensadora.

Afinal de contas, cada passo, cada erro e cada vitória nos aproximam de quem podemos verdadeiramente ser.

 

Imagine Quem você Poderia ser – a história de um roceiro que se tornou campeão de MMA

Francisco Trinaldo, o Massaranduba, é protagonista de uma trajetória de sucesso, que inspira e traz esperança.

Isso porque literalmente viver de lutar, não é fácil para ninguém. Quem escolha essa vida está ciente que levar soco, chute, torções faz parte do jogo.

Assim, além das contusões comuns aos esportistas, há várias outras que não são acidentais, pois são a regra.

Para além de conseguir fazer parte do mais importante circuito de MMA, a profissão que escolheu seguir, Francisco Trinaldo, que não à toa foi apelidado de Massaranduba, superou-se nesse quesito e em outro ainda mais difícil.

Isso porque, Trinaldo nasceu há 43 anos em Amarante, Piauí, em uma família bem humilde, sem condições de custear treinamentos de artes marciais, estudos ou  outros aperfeiçoamentos técnicos.

Foi na roça que travava suas lutas.

Nesta entrevista, Francisco Massaranduba vai revelar sua história e nos mostrar o caminho que percorreu para escrever sua trajetória de sucesso.

Imagine quem você Poderia Ser. Imagine quem você poderia ser.

Imagine quem você poderia ser – Imagine quem você poderia ser.

Confira outros tópicos que podem lhe interessar e acompanhe os vídeos no Canal Alta Performance.

Assine o canal alta performance e assista a outras séries e entrevistas sobre alta performance, autoconhecimento e muito mais. Inscreva-se!

Confira outros posts do blog alta performance:

Twitter Facebook Instagram Youtube

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

ATENÇÃO

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog