Liderança Inspiradora: um exercício de empatia

Blog Alta Perfomance

Junte-se àqueles que querem receber conteúdos e estratégias práticas para melhorar a efetividade pessoal!
 

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog

A imagem é uma publicidade convidando para clicar em um botão. Com os dizeres EXPERIMENTE CLICAR E DESCUBRA AGORA COMO É POSSÍVEL FICAR PREPARADO PARA VENCER SEU MAIOR DESAFIO! E um botão QUERO VER AGORA!

A liderança inspiradora: um exercício de empatia.

Afinal, ter capacidade de envolver emocional e intelectualmente as pessoas é uma característica do líder. Suas ideias e presença emanam energia capaz de mobilizar as pessoas em torno de um ideal maior. Essas ideias mexem com o interior das pessoas, levando-as a mudarem suas atitudes e se tornarem proativas.

Antes de tudo, aquele que exerce uma liderança inspiradora exercita a  competência de se colocar no lugar do liderado, ser empático, estar realmente presente no diálogo com os seus liderados, ou seja, com os ouvidos atentos às suas necessidades.

Aliás, ele atrai, desperta admiração e  confiança.

A Liderança Inspiradora promove um despertar

Com efeito, a busca da proatividade e da capacidade realizadora exige um despertar, uma nova forma de ver a realidade. Mesmo quando o que se vê lá fora são enormes desafios, é preciso focar na realização  desejada e identificar oportunidades para agir objetivamente.

Esse despertamento decorre de se conseguir estabelecer metas e planejar ações para  atingir os objetivos. Sem  esse redirecionamento de atitudes e  foco, o despertamento não ocorre.

A insensibilidade pode se tornar incapacidade de ver alternativas e acaba sendo utilizada como mecanismo de defesa para justificar fraquezas.

Isso porque vivemos em um mundo cheio de desafios assustadores e possibilidades veladas. É preciso muita atenção e inspiração para descobrirmos novos caminhos e formas de melhor aproveitar o que a vida oferece.

Apesar de que muitos dos nossos esforços não serem aproveitados e nem gerarem resultados  esperados, precisamos nos manter atentos e prontos para aproveitar as oportunidades. Elas são como um cavalo encilhado que passa rapidamente à nossa frente. Se não estivermos prontos, perderemos a chance de aproveitá-las.

Assim sendo, temos que rever nossos valores pessoais e reconhecer o que está realmente nos impedindo de conseguir aproveitar melhor as cenários.  Talvez o nosso jeito de pensar  não está afinado com os desafios atuais e precisemos de uma nova inspiração, capaz de fazer com que atuemos mais objetivamente.

Às vezes, é preciso correr riscos, mas também temos que avaliá-los bem. Isso requer treino e preparação, para nos tornarmos mais capazes de realizar nossos projetos.

Buscar Inspiração

Certamente precisamos de orientação externa. Por isso, precisamos identificar referências de líderes realizadores e inspirados, capazes de irradiar energia positiva.

Temos que conviver com essas personalidades. Não necessariamente precisamos da convivência física, mas do diálogo intelectual e do estudo de suas estratégias vencedoras.

Assim, nosso olhar será direcionado para oportunidades não vistas e nos sentiremos inspirados e envolvidos por uma energia motivadora.

Com efeito, pessoas dotadas de um espírito motivador e capaz de mobilizar outras pessoas em torno de um ideal são líderes inspiradores e conseguem realizar grandes projetos, pela capacidade de gerenciar energias humanas diferentes, mas complementares, enquanto estão envolvidas com os mesmos desafios.

Eventos nada inspiradores

Apesar de que nem sempre as pessoas demonstrem o necessário amor ao próximo,  respeito às regras sociais e às instituições.  Já que vivemos em um mundo marcado pela violência social e pela agressividade humana. Um mundo no qual a vida é banalizada.

O que vemos diariamente são exemplos perversos de comportamentos humanos. Pessoas que cometem agressivos atos contra os outros  e, na maioria dos casos, por motivos banais. Como explicar isso?

Um fato marcante foi o atropelamento  que o desenhista David sofreu, tendo seu braço decepado.

Longe de manifestar interesse em ajudar o próximo, o condutor, depois de tomar uns drinques ao sair da balada, resolveu brincar de derrubar cones na rua, em zigue zague; resultado: atropelou David, levando seu braço  preso ao carro;

mas, em vez de parar o carro e tentar reanimar o ciclista, livrou-se do braço, que poderia ter sido implantado, possibilitando a David uma quase vida normal e a chance de continuar praticando o hobby de que tanto gostava: desenhar.

Chama a atenção nesse episódio o comportamento de Alex, o atropelador, que no depoimento ao  delegado disse que seu projeto pessoal era ser psicólogo.

Mas mesmo após cometer um ato tão violento, não se sensibilizou, tampouco agiu como cidadão, como ser solidário em um momento tão desesperador.

Antes demonstrou uma personalidade cruel e incapaz de ajudar ao próximo, descumprindo inclusive a lei. Assustado ou não, o que se observa é que ele foi frio ao procurar um córrego para se livrar da prova do crime que cometera, mas não foi capaz de socorrer a vítima que, por imprudência, atropelara.

A Falta de afeto não caracteriza um líder

Qual é a probabilidade de encontrarmos esse tipo de comportamento em uma pessoa que tenha respeito ao próximo como um valor fundamental? Por que uma pessoa que despreza a vida alheia e que é incapaz de manifestar afeição em uma situação dessa, escolhe cursar Psicologia?

Bem, o caso de Alex não é, definitivamente, um exemplo de líder. Ao contrário, demonstrou um egoísmo perverso e um comportamento desumano e cruel. Mas chama a atenção  o fato de declarar que gostaria de ser psicólogo, mesmo não tendo condições objetivas de se tornar um profissional que cuida de pessoas em momentos de sofrimento.

O Papel de um Líder

Que relação podemos fazer entre o fato em análise, e o papel de um líder?

O líder de um grupo tem que ser uma pessoa que se preocupa sinceramente com os liderados. O foco é o bem comum, levar a equipe a valorizar os companheiros e a aumentar o nível de felicidade do grupo.

Afinal, pessoas felizes produzem mais e melhor.

Bom para a equipe, bom para a família, bom para a organização, bom para os clientes e para toda a rede envolvida no processo.

Para um comportamento adequado, o líder precisa se questionar: “o que estou fazendo para inspirar os outros a dar o melhor de si?

Com esse objetivo em mente, todas as ações e pensamentos da pessoa colaborarão nesse sentido.

Além disso, será possível exercer uma influência que levará outras pessoas a adotarem comportamentos que as ajudarão a realizar o objetivo desejado de  forma inspirada.

A alma de um líder

O foco da psicologia está no indivíduo,  na sua psique, na sua alma, nas suas emoções; ou seja, na melhor maneira de lidar com os próprios sentimentos.

É uma disciplina que pressupõe respeito e amor ao próximo.

Respeitar suas próprias emoções e as dos outros, contribuindo para que o indivíduo alcance equilíbrio e se sinta mais feliz.

Para trabalhar com essa especialidade, é desejável que se tenha sincero respeito pelo próximo, que se importe com ele.

Trata-se de perfil importante para ser um psicólogo e exercer uma liderança inspiradora.

O líder deve estar atento para não se deixar influenciar pelo esfriamento do amor, que tem se manifestado de várias formas na sociedade atual, tornando-se egoísta.

Este perfil não é desejável.

Ao contrário, precisamos do líder servidor, aquele que motiva e valoriza os liderados; o que visa o interesse coletivo.

Ele é forte e não se sente ameaçado por deixar de utilizar métodos autoritários.

É necessário em casa, na escola, no trabalho e em todo lugar. Porque ele inspira.  É dessa inspiração que a geração atual precisa; de pessoas que a motive a dar o melhor de si e a faça acreditar que investir no amor sempre vale a pena.

É isso aí! Valorize o próximo, ame e seja feliz!

 

 

O Poder da Esperança na Saúde Mental: uma jornada de energia positiva

Confira outros tópicos que podem lhe interessar e acompanhe os vídeos no Canal Alta Performance.

Assine o canal alta performance e assista a outras séries e entrevistas sobre alta performance, autoconhecimento e muito mais. Inscreva-se!

Confira outros posts do blog alta performance:

Twitter Facebook Instagram Youtube

Coloque o seu email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!

ATENÇÃO

*Eu quero receber os e-mails e informações do blog